Peixe-elétrico #07

Amazon

 

Apple

 

Google Play

 

Kobo

Livraria Cultura

 

Saraiva

Baixe a Peixe-elétrico #07 na loja de sua preferência:

 

Nesta edição:

 

Loser – NUNO RAMOS

Ensaio baseado em palestra proferida em Berkley nos Estados Unidos, o artista plástico paulistano pensa sua obra a partir das diferenças entre se produzir cultura em regiões hegemônicas e não hegemônicas.

Direita e esquerda na literatura – ALFONSO BERARDINELLI

Um dos mais destacados críticos de nossos tempos, Berardinelli avalia o local da literatura e da modernidade a partir daqueles que considera autores-chave.

A fábrica – HERNÁN RONSINO

Apontamentos pessoais sobre o processo de modernização argentino a partir da relação de uma pequena cidade e sua principal fábrica. O ensaio serviu como ponto de partida para a escrita do romance Glaxo.

Estrutura de sentimentos – MARIA ELISA CEVASCO

A crítica e professora da USP pensa o lulismo e o momento atual do Brasil tendo como guia uma revisão da obra de Roberto Schwarz.

Kafka vai ao cinema – KELVIN FALCÃO KLEIN

O cinema no centro deste ensaio de crítica literária que articula Sebald com Kafka.

 

O regresso dos pudibundos – FÁBIO SALEM DAIE

Ensaio cultural de fôlego busca entender as manifestações de 2013 no Brasil e seus desdobramentos privilegiando como objeto de análise o cinema nacional contemporâneo.

 

Guignard: A constituição do olhar moderno a partir da tradição europeia – TAISA PALHARES

O inesgotável tema dos dilemas e apropriações da cultura europeia por artistas brasileiros é visto aqui por meio da obra de Alberto da Veiga Guignard.

 

Dostoiévski lê Hegel na Sibéria e cai em prantos? – FLÁVIO RICARDO VASSOLER

Em diálogo com László Földényii, Vassoler imagina leituras cruzadas de Dostoiévski e Hegel.

 

Performance e literatura – GONZALO AGUILAR e MARIO CÁMARA

Gabeira e Rufato estão no centro dos estudos de literatura e performance de Aguilar e Cámara. 

Neodesenvolvimentismo? Liberal-desenvolvimentismo? Neoliberalismo? – ISABEL LOUREIRO

Como entender o lulismo a partir da questão agrária? Nos anos Lula quem afinal venceu a parada: MST ou agronegócio?

Reformismo fraco – ANDRÉ SINGER

Longa entrevista em áudio com o sociólogo André Singer a respeito das contradições do lulismo.

É o seu primeiro e-book? Clique aqui e veja o passo a passo.

Entrevista parte 1 - André Singer
00:00 / 00:00
Entrevista parte 2 - André Singer
00:00 / 00:00
Entrevista parte 3 - André Singer
00:00 / 00:00
Entrevista parte 4 - André Singer
00:00 / 00:00
Entrevista parte 5 - André Singer
00:00 / 00:00
Entrevista parte 6 - André Singer
00:00 / 00:00
  • w-facebook
  • White Instagram Icon
  • Twitter Clean